PRECISAMOS FALAR SOBRE PERDER – E QUANTO ISTO NOS POTENCIALIZA

A jornalista Paula Romano escreveu uma crônica para o site Update or Die sobre algo que cada vez as pessoas parecem saber menos: como perder!

“Ninguém gosta de perder.
Mas é parte da vida. Tudo é cíclico.
Perde aqui ganha ali. Uma hora em cima outra embaixo.
Não há como fugir disso. Ninguém começa ganhando. Ninguém sobe ao pódio sem antes ter sentido, uma vez que seja, o sabor da derrota. Perder também é ganhar”, escreve.

Sim, Paula. Você tem toda a razão.

“Ganhar experiência. Ganhar calma. Ganhar sabedoria. Ganhar estímulo para melhorar.
Na verdade só perde quem deixa de tentar.
Quem se cerca de uma nuvem de medo e não sai mais do lugar.
Se engessa por parar de tentar. Tem coisa mais triste que isso?
Aprender a perder é entender que “perder ou ganhar é apenas uma questão pessoal”, explica.

Você entendeu?

“Depende do ponto de vista. Há coisas que estão fora do nosso controle, como a capacidade alheia. Se nosso adversário é/está melhor que nós em determinado momento, o que fazer em relação a isso?”, questiona.

O que fazer, afinal?

“No presente não muito. Mas é um incentivo para o futuro.
Tolerar a frustração de que nem sempre podemos obter o que esperamos, implica em saber perder e se resignar quando não há mais o que ser feito. Significa ser capaz de aceitar, embora com relutância, que a vida não gira em torno de nós”, completa.

“Já dizia Rocky Balboa: “Não importa o quão durão você seja, você apanhará e ficará de joelhos se assim permitir. Nem você, nem ninguém baterá tão forte quanto a vida. Não se trata de quão forte pode bater, se trata de quão forte pode ser atingido e continuar seguindo em frente. É assim que a vitória é conquistada”, cita sabiamente!

Nunca é fácil ou gostoso perder, mas aprender a aceitar e seguir pode ser a melhor coisa que te aconteceu.

“O gosto amargo da derrota se transforma em doce se nos permitimos nos transformar.
Aceitar a derrota como um passo em frente, nunca atrás. Nunca como perda, mas como um incentivo: hoje estou assim, amanhã estarei melhor.
Para aprender a ganhar é preciso aprender a perder.
E nunca, nunca, nunca deixar de tentar…
Porque vencer é mais a sensação de trabalho bem feito do que qualquer outra coisa”, finaliza.

Fonte: Inquietaria

Leave A Comment